Gran Central Terminal e dicas de transporte público

quarta-feira, fevereiro 11, 2015 Anna Peppe 0 Comments


Nova York é linda, dos altos dos prédios, no City Tour, a pé, de carro, charrete, ônibus ou metro; é possível conhecê-la de várias maneiras diferentes. Há muitas atrações e pontos turísticos e o bom é que na grande maioria  é possível chegar utilizando o transporte público sem medo.

Fonte: Google Earth -  tratada por Anna Peppe
No post anterior contei um pouco sobre o The Plaza NY, um dos hotéis mais luxuosos e famosos de Nova York. Este é o quinto post de uma série de post´s sobre nossas Férias em Nova York, com bebê, para ler os outros post´s clique aqui.

Hoje vou contar como foi nosso passeio na Gran Central Terminal e dar algumas dicas sobre locomoção com o transporte público de Nova York e de aplicativos que utilizei para locomoção.


Espero que gostem, e caso tenha alguma dúvida ou sugestão, não deixe de comentar.

Tinha uma certa expectativa em relação a Gran Central Terminal, lembrava do relógio que aparecia nos filmes e as pessoas circulando de um lado para o outro. 


É uma estação de trem e metro, que tem uma arquitetura diferenciada, (as demais estações são simples, algumas com catraca e uma escada fixa e você já está na área de embarque), nada demais. A Gran Central não, é oponente, um marco, linda por fora e por dentro. Arcos e pinturas no teto ganharam ainda mais charme com a decoração de Natal. Em um dos mezaninos há um restaurante e nos corredores algumas lojas, fora isto o que há para se fazer é fotografar o teto com a constelação pintada ao contrário (pode ter sido um erro do artista Paul Helleu, ou não ) e as escadarias.

O legal? Gente do mundo todo falando ao mesmo tempo, todos a procura do relógio de quatro faces e de um angulo bom para fotografar.


Com trata se de uma estação e não há muito o que fazer, vá cedo tire as fotos que desejar e de lá pegue um trem para uma atração mais próxima.

Sobre os aplicativos que usei:

MAPS clique aqui para baixar
Uma dica que dou é baixar o aplicativo Maps, caso seu Smartphone ainda não tenha, foi o que ajudou muito, porque era só inserir destino e ele já apontava a rota com a opção de metro e ônibus.

Aliás o transporte coletivo em Nova York é muito eficiente e pontual, dá para se programar e organizar.

No ponto de ônibus há uma placa com os números de linhas e horários em que o ônibus passam. Normalmente algo assim:

  • 8  0:05  0:15  0:20 0:25 0:30 0:35  0:40 0:45 

(quer dizer que o ônibus desta linha passa a cada cinco minutos, se você chegou, por exemplo as 8:22 no ponto, sabe que  perdeu o ônibus das 8:20, mas que 8:25 passará um novamente)
  
Caso prefira em algumas estações de metro há um encarte com o mapa disponível, ou ainda você consultar pelo site clicando aqui. Ajuda com certeza, mas a vantagem do aplicativo para mim, foi poder traçar rotas e não só olhar o mapa do metro, aconteceu de estar em uma determinada atração e querer aproveitar e ir até uma próxima, usava o aplicativo e via como fazer para chegar. 

Para utilizar o metro é necessário comprar um cartão de um dólar, o Metrocard, o mais vantajoso é comprar uma quantidade para uma semana pelo menos porque sai mais barato e você pode utilizá-lo no ônibus.

UBER clique aqui para baixar
Se estiver distante, ou começar a nevar ou esfriar muito, como em meu caso, opte por um táxi comum ou executivo, uma excelente opção é utilizar o aplicativo UBER, baixei assim que cheguei, cadastrei o cartão. Quando precisava solicitava o carro pelo aplicativo e já  sabia o tempo para a chegada do carro e custo estimado da viagem, para quem estava com criança no frio foi ótimo. Muito bom caso tenha feito muitas compras também. É um serviço muito comodo, simples e rápido, sem falar que é mais barato que os famosos táxis amarelinhos de Nova York e você não precisa ficar esperando passar um para conseguir pegar.
Um outro aplicativo que utilizei antes e durante a viagem, foi o Decolar New York: Guia turístico, ela traz as informações, localização  e dicas  sobre os principais pontos turísticos. Clique aqui para baixá-lo.

Por hoje é isso, espero ter ajudado de alguma forma. Não deixe de comentar. 

No próximo post conto um pouco sobre o bairro do Brooklyn e a igreja em que fomos, até lá.
Related Posts with thumbnails for bloggerblogger widgets

0 COMENTÁRIOS: